domingo, dezembro 12, 2010

NATAL


No ar um sentimento de alegria.Parece mais um cheiro de tão forte que é.Nele se misturam esperança, harmonia, desejo de ser feliz e de fazer alguém feliz.De onde vem esse cheiro ? Vem da praça da cidade onde pessoas alegres passeiam? Vem das casas onde familiares e amigos se juntam? Ele é tão forte. De onde vem?


A chuva que cai fininha ajuda a impregnar esse cheiro.O que é ele? É cheiro mesmo ou sentimento?


Acredito que é a certeza que o ainda há esperança no amanhã, esperança deixada por Jesus que aqui veio nos deixando a mensagem de que podemos amar irrestritamente e podemos ser amados. É essa certeza que nos inunda e ilumina e que em nossos rostos surge como esperança de que um futuro muito melhor nos espera, onde felizes teremos nossos desejos atendidos. É um começar para alguns e um eterno recomeçar para outros.


Enfim, é o Natal que se aproxima e aproxima as pessoas e cada uma delas procura mostrar ou deixar transparecer os bons sentimentos, repressados ao longo do ano, quando só pensando nas atividades do cotidiano deixamos passar pequenas coisas que nos fazem e fazem os outros felizes.


Por isso o Natal é tempo de recomeço, sempre desejado porque deixamos pendências ao longo do ano que se acumulam e nos "engasgam" , nos sufocam.


Então o Natal é isso. Tempo de esperanças sempre renovadas, que parece que até modifica o ar que respiramos.


Um feliz Natal para todos.


No ar um sentimento de alegria.Parece mais um cheiro de tão forte que é.Nele se misturam esperança, harmonia, desejo de ser feliz e de fazer alguém feliz.De onde vem esse cheiro ? Vem da praça da cidade onde pessoas alegres passeiam? Vem das casas onde familiares e amigos se juntam? Ele é tão forte. De onde vem?


A chuva que cai fininha ajuda a impregnar esse cheiro.O que é ele? É cheiro mesmo ou sentimento?


Acredito que é a certeza que o ainda há esperança no amanhã, esperança deixada por Jesus que aqui veio nos deixando a mensagem de que podemos amar irrestritamente e podemos ser amados. É essa certeza que nos inunda