quinta-feira, março 08, 2007


Um amigo me fez lembrar que a boca pode oferecer muitas possibilidades de alegria que podem ser traduzidas assim:

A tua boca tem o mel das flores,
tem o calor de muitos amores,
tem o silêncio forte de muitas dores,
tem a brasa quente de muitos ardores,
tema a doçura mágica de mil sabores.
A tua boca tem o calor do sol de Verão,
tem a incerteza do sim que era não,
tem a chave do que fechas no coração,
tem a mais pura e doce tentação,
tem a sincera e verdadeira emoção.
A tua boca tem segredos por descobrir,
tem o amargo das lágrimas ao partir,
tem a magia que me faz ver e sentir,
tem o que ficou de um sonho ao cair,
tem mil segredos num cofre por abrir.
A tua boca é pouco mais que ilusão,
a tua boca é um sonho por concretizar,
a tua boca encerra essa doce sensação
de um beijo que apenas posso imaginar!
Autor desconhecido
Ps- essa é pra você Wladirmir

segunda-feira, março 05, 2007

Que maravilha de Toquinho - Jorge Benjor




Nessa nossa terra chove muito. Mas alguma coisa de boa pode acontecer. Quem sabe encontrar "toda molhada" com o seu amor?




Lá fora está chovendo.
Mas assim mesmo
Eu vou correndo
Só pra ver o meu amor.
Ela vem toda de branco.
Toda molhada e despenteada,
Que maravilha,
Que coisa linda
Que é o meu amor.
Por entre bancários, automóveis,
Ruas e avenidas
Milhões de buzinas
Tocando sem cessar.
Ela vem chegando de branco, Meiga, linda e muito tímida.
Com a chuva molhando seu corpo
Que eu vou abraçar.
E a gente no meio da rua,
Do mundo, no meio da chuva,
A girar,
Que maravilha,
Que maravilha,
Que maravilha.

domingo, março 04, 2007

Você sabe como tirar óleo da semente de andiroba?

Hoje, conversando com minha mãe ela me deu uma receita de como tirar óleo da semente de andiroba. Achei isso interessante, porque são coisas da vida do caboclo amazônico que vão se perdendo com o passar do tempo. Bem, aí vai a receita:

Junte as sementes caídas da árvore, coloque-as para fever por alguns minutos. Após escorra a água e deixe as sementes para macerar , por alguns dias (4 ou 5) em uma vasilha tampada. Depois quebre as sementes, retirando o "miolo", amasse a massa retirada formando pequenas bolas. Coloque-as ao sol para secar em um recepiente que possua um declive, facilitando que o óleo escorra para outro recepiente colocado logo abaixo do primeiro. Não se preocupe se no porcesso ocorrer o surgimento de algumas larvas (conhecidas pelos caboclos como tapurus), pois dizem que o óleo será de melhor qualidade.