terça-feira, fevereiro 27, 2007

As mais belas praias do Tapajós

As Praias do Tapajós Ao longo dos seus 1992 quilômetros de extensão, as águas cristalinas do rio Tapajós formam lindas praias exóticas e primitivas. Na época das chuvas, algumas delas chegam a desaparecer, mas quando o rio baixa surgem as águas esverdeadas, com areia branca e finíssima. Do lado esquerdo ou direito do rio, são dezenas de praias fantásticas compondo o cenário da "Pérola do Tapajós". Algumas delas são de fácil acesso. Outras nem tanto. Mas todas de beleza indiscutível. À margem direito elas são um total de 10 praias (Alter-do-Chão, Ponta do Cururu, Ponta de Pedras, Jutuba, Caraparanaí, Pajuçara, Arariá, Maria José, Salvação e Maracanã). Entre as mais visitadas e belas, destacam-se:
Maracanã
É a praia mais próxima do centro da cidade e também a mais procurada. Fica a menos de cinco quilômetros da área urbana. O acesso pode ser via fluvial ou terrestre. Quando o nível do rio baixa, aparecem a areia branca e os lagos transparentes. Para os visitantes, barracas e bares que vendem pratos à base de peixes da região, como o tucunaré à manteiga.

Arariá
Considerada uma das praias exóticas da região. Não dispõe de infraestrutura para receber visitantes. O acesso também é difícil: somente por via fluvial. A marca do lugar é a areia branquíssima. Vale conhecer pelo ar ainda primitivo que a praia oferece.

Ponta de Pedras
Por causa do fácil acesso (tanto por via terrestre quanto fluvial), é uma das mais procuradas pelos visitantes. Distante 35 quilômetros do centro da cidade, a praia se destaca por sua formação rochosa. Dispõe de infraestrutura turísica, com barracas de alimentação e bebida

Alter-do-Chão
É o principal balneário do município e também um dos mais belos da região Amazônica. Entre os atrativos da vila é o lendário Lago Verde ou Lago dos Muiraquitãs. Distante 30 quilômetros da cidade, a vila de Alter-do-Chão possui infraestrutura turística, com pousadas, restaurantes e barracas nas praias, além de lojas de artesanato e museus. A praia tem areia branca e fina, com águas claras. Situada na garganta de uma enseada, a travessia para praia na ponta da enseada pode ser feita a nado, a pé ou em uma pequena canosa, só depende do nível do rio.

Maria José
Também é uma das praias que ficam bem pertinho do centro da cidade, em frente ao Aeroporto Internacional, mas o acesso só pode ser feito através de via fluvial.
Além das praias do Tapajós, um importante alfuente desse rio forma praias tão belas quanto as do Tapajós. É o rio Arapiuns. Durante o verão, suas margens são cobertas por praias de areias brancas e finas. Praias selvagens, que têm acesso exclusivo por via fluvial. Também às margens do Arapiuns se escondem pequenas vilas, onde seus moradores levam uma vida simples que reflete a cultura índigena na utilização da terra e da pesca. O material doméstico utilizado pelos moradores, por exemplo, é todo proveniente da floresta. E o Arapiuns reserva também um belo espetáculo aos visitantes. É a Cachoeira do Aurã, no rio Aruãa, afluente do Arapiuns. Formada por duas quedas d'água, a cachoeira atrai turistas por sua beleza.

2 comentários:

Eliete disse...

Vou te contratar para fazer o próximo roteiro de minhas férias.
Beijos!

Praias do Rio Tapajós disse...

É lindo demais, sem explicações!!!
Amo as praias do Rio Tapajós!!!