sábado, março 20, 2010

TERREMOTO


O terremoto que chacoalhou 80% do território do Chile no último sábado, deixando mais de 700 mortos, pode ter alterado o eixo da Terra, fazendo com que os dias passem a ser mais curtos. A informação é baseada em um estudo feito pelo geofísico Richard Gross, do Jet Propulsion Laboratory, da Nasa (agência espacial americana), que por meio de nota divulgada nesta terça-feira (2) confirmou a análise preliminar.

Segundo uma simulação matemática, o eixo foi deslocado 8 cm.

Cálculos indicam que os dias ficarão 1,26 microssegundo mais curtos. Um microssegundo, no entanto, é a milionésima parte de um segundo. Portanto, é pouco provável que as pessoas lamentem ter menos tempo a partir de agora.

A simulação matemática feita por Gross nos avançados sistemas de computação mostram que o terremoto deslocou o eixo terrestre em cerca de oito centímetros. O eixo é a referência de equilíbrio do planeta em relação ao Sol.

Ele disse, porém, que novas análises do próprio terremoto podem alterar os números indicados em sua simulação.

O fenômeno apontado por Gross já consta no estudo de outro cientista da Nasa. Segundo pesquisa Benjamin Fong Chao, do Goddard Space Flight Center, "qualquer evento planetário que envolva o movimento das massas [terrestres] afeta a rotação da Terra".
De acordo com estudos da Física, um forte terremoto desloca quantidades imensas de rocha, o que acaba alterando a distribuição da massa terrestre. Quando isso acontece, há um impacto direto na velocidade da rotação do planeta. Nesse caso, a Terra passa a dar uma volta em torno de si mesma de maneira mais rápida. Logo, o movimento de rotação (que dura 24 horas ou um dia) acaba ficando levemente mais rápido.

Não é a primeira vez que o dia fica mais curto por conta de um terremoto ou maremoto. O forte tremor de 9,1 graus de intensidade que deu origem ao tsunami que devastou países da Ásia em 2004 deixou o dia 6,4 microssegundos mais curto. Mas o dia também pode ficar mais comprido: quando o reservatório da usina hidrelétrica de Três Gargantas na China (o maior do mundo) estiver completamente cheio, os 40 km cúbicos de água devem também alterar o o volume de massa do planeta. Nesta vez, aumentando o dia em 0.06 microssegundo.

Nos tempos atuais alguns falam em fim do mundo outros dizem que o mundo estará passando para uma nova fase na sua evolução. Algund conhecidos videntes como Edgar Cayce, o "profeta adormecido" parece que previu alguns desses eventos dos tempos atuais. Vai aí algumas delas para efeito de curiosidade:

1 - mudanças no eixo da Terra a partir de 2000;

2 - Inundação de diversas regiões costeiras ;

3 - Londres ficará na costa;

4 - Perda de uma grande parte do Japão;

5 -Inundação no norte da Euopa;

6 - novas terras aparecerão ao largo da costa da América do Norte:

7 - desaparecimento da Groelência;

8 - destruição disseminada - Los Angeles, São Francisco e Nova York desaparecerão;

9 - Ligação por terra da América do Sul com a Antártica.

Profecias à parte, o planeta pede socorrom James Loveloc, cientista e autos da Teoria de Gaia, conclui que seculos de abuso através da descarga de hidrocarbunetos, desmatamento e poluição do ar vão tornando o planeta um objeto morto, como Marte. "Nossa preocupação deve ser com oecossistema que mantém a vida na Terra. Caso contrário, seremos nós os causadores do Armagedon", conclui.

Nosso planeta pede socorro, não vamos esperar que chegemos pŕoximos do "final" para tomarmos uma atitude de valorização da vida em todas as suas formas.

fonte - http://blog-br.com/dklawnsgrupo/56256/Apocalipse+Tsunamis,+tornados,+terremotos,+vulc%F5es+e+degelo+transcendem+profecias+e+previs%F5es+cient%EDficas.html

http://noticias.r7.com/internacional/noticias/tremor-no-chile-altera-eixo-da-terra-e-deixa-dias-mais-curtos-20100302.html

Nenhum comentário: